Centro Cultural São Paulo

Movimentos Sociais por seus Cartazes

Projetos concluídos

O projeto “Movimentos por seus cartazes”, desenvolvido pela Divisão de Acervo, Documentação e Conservação do Centro Cultural São Paulo foi uma realização da AACCSP, com o apoio do Instituto Brasileiro de Museus – Ibram e do Ministério da Cultura.

O prêmio Memórias Brasileiras contemplou o projeto que teve como objetivo a restauração de 105 cartazes da Comissão de Justiça e Paz, Grupo Tortura Nunca Mais, Movimento Nacional de Defesa dos Direitos Humanos, Conselho Nacional dos Direitos da Mulher, Arquidiocese de São Paulo, Movimento Sindical de Trabalhadores Rurais, Aliança dos Povos da Floresta, Central Única dos Trabalhadores, Movimento Popular de Saúde, União Nacional dos Estudantes, Juventude Operária Católica, Campanha Nacional pela Reforma Agrária, Campanha Nacional de Solidariedade à Nicarágua, Campanha pela Paz, e demais temas como povos indígenas, moradia, constituição federal, fé e compromisso social, Prêmio Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos, além de uma série de cartazes, feitos por artistas gráficos, em comemoração ao bicentenário da Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão, atividade promovida pela Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo, em 1989, com vista a ampliar e aprofundar entre a população paulistana o conhecimento dos Direitos do Homem e do Cidadão, bem como de seu sentido histórico e político, propiciando a reflexão sobre a questão da lei e da cidadania.

A coleção foi incorporada em 2003 ao Arquivo Multimeios do CCSP, com objetivo de tornar público um material de extrema importância que demonstra a evolução dos movimentos sociais e, sobretudo, o amadurecimento na reivindicação da efetivação dos Direitos Humanos em sua universalidade.

O projeto “Movimentos por seus cartazes” oferece assim, um panorama dos movimentos sociais e campanhas pelos direitos humanos no Brasil e na América Latina, no período de 1974 a 2003.

Sobre o processo de restauração

Durante seis meses, a equipe de conservadoras Fernanda Perroni, Lívia Lira, Vivian Freire e Priscila Alegre, da Conservare – Conservação e Restauração de Obras de Arte realizaram o trabalho em diversas etapas que envolviam a higienização, a restauração e o acondicionamento dos cartazes. Roberto Diem, da equipe do Arquivo Multimeios, realizou o processo de digitalização dos cartazes, para a sua posterior disponibilização na internet.

Estes procedimentos fazem parte de uma estratégia de democratização e difusão de acervos do CCSP, tornando-os acessíveis aos pesquisadores, alunos, professores e público interessado nas coleções do Arquivo Multimeios. Além de ser inserido no banco de dados do Arquivo Multimeios,que fica aberto à consulta pública, os cartazes estão sendo disponíveis gradativamente para consulta no site do projeto: www.ccsplab.org/cartazes.

clique aqui________________________
CONFIRA A RELAÇÃO DE CARTAZES
clique aqui________________________
VOLTAR AOS PROJETOS CONCLUÍDOS

 

 

logo aaccsp
3271-7329
aaccsp@aaccsp.com.br